Cabo Verde – País da África

Cabo Verde

A República de Cabo Verde é um país independente localizado à África Ocidental, constituído por dez ilhas e cinco ilhotas. Distante cerca de 450 quilômetros do continente africano, o nome do país é uma referência à península localizada no Senegal de mesmo nome (Cap Vert). Com uma população de 501 mil habitantes, sua capital é a cidade da Praia. Seu território possui 4033 km², área um pouco menor que a do Distrito Federal. A religião principal das ilhas é o cristianismo de cunho católico e a língua oficial é o português, apesar de um idioma crioulo local baseado no português ser a língua de comunicação cotidiana. A moeda do país é o escudo caboverdiano.

Em 1462, os colonos portugueses chegaram a Santiago e fundaram a Ribeira Grande (agora Cidade Velha), o primeiro assentamento europeu permanente nos trópicos. No século XVI, o arquipélago prosperou com o comércio transatlântico de escravos, havendo ataques ocasionais de piratas aos assentamentos portugueses. Praia se tornou a capital em 1770.

Com o declínio do comércio de escravos, a prosperidade de Cabo Verde desaparece lentamente. No entanto, posição das ilhas, no meio do Atlântico fez de Cabo Verde um local ideal para o reabastecimento de embarcações. Devido ao seu excelente porto, Mindelo (na ilha de São Vicente) tornou-se um importante centro comercial no século XIX.

Mapa de Cabo Verde e sua localização. Fonte: CIA.gov

Portugal mudou o status de Cabo Verde de uma colônia para uma província ultramarina em 1951, em uma tentativa de enfraquecer o nacionalismo crescente. No entanto, em 1956, Amílcar Cabral, de Guiné-Bissau, junto com partidários de seu país e de Cabo Verde fundam o Partido Africano para a Independência da Guiné-Bissau e Cabo Verde (PAIGC), base do movimento independência das duas nações. Estabelecendo sua sede para Conakry, Guiné em 1960, o PAIGC começou uma rebelião armada contra Portugal no ano seguinte.

Em 1972, o PAIGC controlava grande parte da Guiné, mas a organização não tentou interromper o controle Português em Cabo Verde. Após a revolução de Abril de 1974 em Portugal, o PAIGC se tornou um movimento político ativo em Cabo Verde. Em 30 de junho de 1975, Cabo Verde conquista a independência de Portugal a 5 de julho de 1975.

Imediatamente após o golpe de novembro 1980 na Guiné-Bissau, as relações entre Praia e Bissau tornam-se tensas. Cabo Verde abandonou a sua esperança de unidade com a Guiné-Bissau e formou o Partido Africano para a Independência de Cabo Verde (PAICV). O PAICV estabeleceu um sistema de partido único e governou Cabo Verde desde a independência até 1990.

Em resposta à pressão crescente para o estabelecimento de uma democracia pluralista, o estado de partido único foi abolida 28 de setembro de 1990, e as primeiras eleições multipartidárias tiveram lugar em Janeiro de 1991.

Pobre em recursos naturais, propensas à seca e com pouca terra arável, a ilhas de Cabo Verde conquistaram uma reputação de estabilidade política e econômica dentro do conturbado continente africano.