Confusão : Policiais e Índios trocam tiros e flechadas em Brasília

Forças de segurança e manifestantes indígenas entraram em confronto na tarde desta terça-feira, em Brasília, durante um grande ato por respeito à demarcação de terra e à natureza. Há relatos de feridos e detidos.

Testemunhas afirmam que cerca de três mil índios realizavam uma marcha pacífica quando foram fortemente reprimidos pela polícia ao se aproximarem da Esplanada dos Ministérios.

Para dispersar a multidão, a polícia fez uso de bombas de efeito moral, tiros com balas de borracha e spray de pimenta, enquanto os manifestantes responderam com tiros de arco e flecha. 
Na noite da última segunda-feira, 24, teve início em Brasília a 14ª edição do Acampamento Terra Livre (ATL), que reúne pessoas de todo o país em uma série de ações em defesa dos povos indígenas. Segundo os organizadores, os protestos são contra a paralisação das demarcações indígenas, o enfraquecimento das instituições e políticas públicas indigenistas e as proposições legislativas anti-indígenas que tramitam no Congresso, entre outras questões. O evento segue até o dia 28.