O que falta para que Trump e Kim Jong- Un se encontrem ?

A tensão entre Washington e Pequim não para de crescer. Será que os líderes americano e norte-coreano podem se encontrar e discutir o assunto? O representante da Casa Branca sabe a resposta.

Pyongyang, Coreia do Norte
© SPUTNIK/ ILIA PITALEV
Pyongyang planeja acelerar desenvolvimento de suas forças nucleares

As negociações diretas entre o presidente dos EUA, Donald Trump, e o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, poderão realizar-se apenas se o líder norte-coreano abandonar seu programa nuclear, disse chefe do Gabinete da Casa Branca, Reince Priebus.

“Não acho, não nesta situação, só se Kim Jong-un renunciar às armas que esconde por todo o país e aos seus programas nuclear e balístico”, disse perguntado pela CBS sobre um possível encontro entre os dois presidentes.
Priebus salientou também que os EUA devem “levar a cabo um grande número de consultas com os líderes globais e regionais para manter a situação sob controle”.
As tensões na península coreana aumentaram em meados de abril, depois que os EUA enviaram para a região um grupo naval liderado pelo porta-aviões USS Carl Vinson, o que provocou novas ameaças por parte de Pyongyang.